Supra Soft
Acesso a intranet
Windows 7: Review do novo sistema operacional

Que tal uma nova versão do Windows que em vez de tomar conta de você | fica lá, escondido, até que você precisasse dele? E que no lugar de efeitos especiais trouxesse apenas funções realmente úteis? Ou, antes de importuná-lo com alertas, avisos e solicitações desnecessários, ele simplesmente ficasse “na dele”? E o melhor: em vez de entulhar seu PC com aplicativos embarcados e de utilidade duvidosa, eles simplesmente nem estariam lá?

Felizmente para a maior parte daqueles que usam PCs, não estamos falando em um cenário inexistente. Ao contrário, de um sistema operacional que já está disponível no mercado, o Windows 7.
Pelo que pudemos ver, a Microsoft parece, finalmente, ter acertado a mão, e criado um SO com um viés minimalista, se livrando da maioria dos velhos e conhecidos problemas de Windows anteriores e, tanto quanto possível, evitando novos.
A estratégia, agora, é totalmente diferente do que observamos com o Windows Vista que vinha com uma interface totalmente nova mas com um desempenho ruim, tinha problemas de compatibilidade e ausência de funcionalidades importantes. O resultado todo mundo conhece: muitos usuários se arrependeram de ter migrado (alguns, inclusive fizeram downgrade para o XP) e uma boa parcela de usuários de PC nem chegaram a abandonar o bom e velho Windows XP.
O Windows 7 está longe de ser perfeito. Algumas de suas funcionalidades parecem inacabadas, enquanto outras ainda dependem de aplicativos de terceiros para atingir seu potencial e muitos problemas de longa data ainda estão lá. Mas, de qualquer forma, a versão final que está sendo distribuída e sobre a qual esse review foi feito parece, finalmente, ser o substituto do Windows XP que o Vista nunca conseguiu ser.
 
Interface: novo gerenciamento de barras
 
A experiência com Windows começa com a barra de tarefas, mais especificamente com o menu Iniciar e com a Bandeja do Sistema (System Tray). O Vista trouxe um muito bem-vindo redesenho do menu Iniciar; já no Windows 7, tanto este menu quando a Bandeja do Sistema passaram por uma verdadeira transformação.
A nova barra de tarefas substituiu os antigos e pequenos ícones e rótulos por outros maiores (os rótulos desaparecem) que dão acesso a aplicativos executáveis. Caso não goste deles dessa forma, o usuário pode facilmente encolhê-los e trazer os rótulos de volta.

Fonte: PC WORLD

<< mais notícias